top of page

Acordo político favorece pré-candidatura de Danilo Henrique

Barreiras

O prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, confirmou na última sexta-feira (5), durante entrevista à rádio Oeste FM, que foi firmado um acordo entre os partidos União Brasil e o PP no que se refere às eleições em Barreiras em 2024. De acordo com o gestor do município, o acordo determinava que o candidato com menor desempenho nas pesquisas apoiaria o outro nas eleições municipais deste ano.


O acordo já havia sido divulgado, na última quinta-feira (3), pelo deputado estadual Antonio Henrique Júnior, em entrevista à rádio Vale FM. Segundo o parlamentar, o acerto foi firmado em uma reunião em Brasília, que contou com as presenças dele, do pré-candidato Danilo Henrique, o ex-prefeito Antônio Henrique, o ex-deputado federal Cacá Leão e ACM Neto.


Conforme o deputado estadual, Zito Barbosa teria que apoiar Danilo Henrique nas eleições para prefeito de Barreiras deste ano. No entanto, Zito demonstrou hesitação em cumprir o acordo, expressando dúvidas durante sua entrevista na rádio Oeste FM.


Durante sua entrevista, Zito Barbosa afirmou que houve um acordo para que em junho quem estivesse à frente nas pesquisas fosse o candidato, e o outro grupo apoiasse. No entanto, fui claro ao dizer que a política rasteira que estavam fazendo precisava parar, ou o acordo não prevaleceria”.


Zito também expressou frustração com sinais imediatos de descumprimento do acordo. Ele relatou um incidente envolvendo a vereadora Carmélia da Mata (PP), que declarou prematuramente que Otoniel Teixeira não seria mais candidato. “Vi um vídeo dela afirmando isso assim que cheguei ao hotel, e isso já estava desfazendo nosso acordo”, disse o prefeito.


Outro ponto de tensão mencionado por Zito foi uma entrevista de Fernando Machado, conhecido como ZDA, que também indicava Danilo Henrique como o candidato, sugerindo que Otoniel o apoiaria. “Naquele dia, enviei uma mensagem para ACM Neto com o vídeo da vereadora e expliquei que, se isso continuasse, seria difícil manter o acordo”, relatou.


Zito Barbosa defendeu sua decisão de desfazer o acordo, destacando a falta de integridade de alguns membros do PP de Barreiras, e acrescentou que ACM Neto foi comunicado da decisão. “Enviei um texto a ACM Neto justificando a ruptura do acordo. Se ele comunicou a Cacá Leão, Danilo Henrique ou ao deputado Antonio Henrique Júnior, não sei. Mas ele recebeu minha mensagem e confirmou”.


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page